Notícias

Artigo: Pelos próximos 130 anos de Bento Gonçalves

Artigo: Pelos próximos 130 anos de Bento Gonçalves

Por Rogério Capoani, presidente do CIC-BG

Bento Gonçalves chega aos 130 anos esbanjando vitalidade. É motivo de orgulho acompanhar, dia após dia, o engrandecimento dessa tão inspiradora comunidade, que faz do município um dos mais relevantes no contexto regional. Coincidentemente, essa emblemática data é, também, oportunidade de refletirmos, por conta das iminentes eleições, sobre a Bento Gonçalves que queremos para o futuro – seja ele próximo ou a longo prazo. Cabe a nós escrever, como cidadãos conscienciosos e ativos da sociedade, a história que queremos para nossa cidade.

É isso que a sociedade civil, com grande suporte do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG), está fazendo com um grupo de abnegados que tem, como foco, a sustentabilidade futura do município. Eu não tenho dúvidas de que é essa preocupação comunitária, que coloca o coletivo acima do individual, aliado à nossa vocação empreendedora, que faz de Bento Gonçalves a cidade que é.  Como é bom saber, como cogestores que somos dos encaminhamentos do município, contar com lideranças empresariais tão qualificadas como as que temos e que ajudam no contínuo desenvolvimento da cidade.

Para manter esse posicionamento referencial no Estado, precisamos, no entanto, cuidar do nosso futuro. E estamos fazendo isso, entregando um documento neste aniversário da cidade que mostra como podemos ser protagonistas do nosso destino. O Masterplan realizado pelo conselho Bento+20, formado por cerca de 30 entidades, é um conjunto de ações que devemos colocar em prática nos próximos 20 anos a fim de apontar os caminhos para Bento Gonçalves trilhar rumo a se tornar uma cidade inteligente. Foi um árduo trabalho, que consumiu mais de um ano de dedicação voluntária, a partir de profundos estudos socioeconômicos e de prospecção de futuro, para que fosse criado uma grande estratégia para que toda Beto Gonçalves usufruísse.

É um grande presente para esse glorioso município, que passa a contar com um planejamento estratégico em 10 áreas distintas a fim de que alcancemos condições de aumentar nossa competitividade, já tão comprometida por conta da voraz carga tributária e da precária infraestrutura. Somos especialistas em produzir móveis e vinhos, mas já faz muito tempo que desenvolvemos habilidades em outros segmentos industriais, como alimentício ou no ramo de máquinas, de borracha/plástico e de metal, entre outros. No comércio e nos serviços também dispomos de ampla rede de produtos ligados a esses setores. Encontramos, no turismo, expoente de tudo aquilo que temos de melhor: nossa vocação empreendedora e nossa alma acolhedora. O turismo, não tenho dúvida, é uma das nossas indústrias do futuro, é uma das nossas valiosas vocações que demonstram como somos versáteis e capazes de ampliarmos nossas matrizes produtivas

Estamos chegando num ponto, entretanto, que necessitamos dar um salto tecnológico para que almejemos a criação de novos produtos, novos mercados e novos consumidores. Estamos caminhando a passos largos em direção ao futuro. Não podemos perder a hora para investir em tecnologia e em qualificação para continuarmos sendo referenciais em nossos produtos ícones – móveis e vinhos – , para ampliarmos nossa capacidade de atração de investimentos e para transformarmos nossa cidade numa cidade inteligente e sustentável, estabelecendo os parâmetros vindouros para que sigamos, com os necessários ajustes exigidos pelos tempos, capacitar Bento Gonçalves para mais 130 anos de evolução.